Sabedoria do Mundo e Loucura da Cruz: Ambas remetem à FELICIDADE!

­­Eu sou um defensor da Educação e da busca pelo Conhecimento. Acredito, de verdade, que isso é o que realmente pode transformar uma sociedade. Afinal, é por meio da abertura às ideias que as pessoas se desenvolvem e, com isso, conseguem fazer com que uma comunidade, cidade, Estado ou Nação, cresça e seja melhor. É claro que existem indivíduos que acabam utilizando seu conhecimento e inteligência para ações negativas e prejudiciais à muitas pessoas.

O livro de Provérbios é muito conhecido e citado por pessoas, sejam cristãos ou ateus. Trata-se de um livro com alertas de sabedoria, comportamento, motivação e exortações que servem para o nosso dia-a-dia. Provérbio 3, 13 por exemplo, atribui a felicidade ao conhecimento, quanto diz que “Feliz o homem que encontrou a sabedoria, daquele que adquiriu a inteligência”. Então, resgato o que pontuei no início deste texto, afinal, a educação, além de me fazer uma pessoa melhor, me torna mais feliz.

Por tudo isso sou adepto do Lifelong Learning, ou seja, aprendizado durante toda a vida. E quando falo em aprendizado, quero que extrapole seus pensamentos dos muros escolares. Por favor, não interprete que a educação formal não é importante. Não é isso! Sou professor e defensor da Academia e Pesquisa Científica, afinal isso gera inovação, descobertas e melhora a vida das pessoas. Por outro lado, olho para o aprendizado cotidiano que temos a oportunidade de ter. Aprender enquanto brinco com minha filha, converso com minha esposa, assisto um filme ou série, leio um livro de ficção e até mesmo enquanto estou em uma padaria ao escrever este texto.

De coração! Aprender me deixa FELIZ! Conhecer coisas novas, estar com pessoas, passar por momentos árduos, que até podem causar tristeza momentânea ou sofrimento, mas depois me geram aprendizado. Isso é maravilho, pois acumulo experiências que, de alguma maneira, serão úteis para minha vida pessoal ou profissional. Com isso, posso afirmar que toda essa busca por sabedoria e conhecimento me remetem, de alguma maneira, à Felicidade!

Agora, você deve estar se questionando sobre o título deste artigo, pois falei apenas sobre a sabedoria do mundo, o conhecimento, a inteligência e desenvolvimento humano por meio do nosso processo cognitivo. Por outro lado, tem algo que me encanta mais do que isso, mas que, aos olhos humanos, parece loucura, pois não faz muito sentido e não tem explicação científica. É o fato de um Homem que é Deus, ter se entregado totalmente, deixando-se humilhar física e emocionalmente até a morte, como demonstração de Amor para remissão dos meus erros!

Certa vez o cantor Raul Seixas fez uma crítica à atitude de Jesus. Em sua música “Cowboy fora lei”, ele canta: “Deus me livre eu tenho medo. Morrer dependurado numa cruz”. Existem interpretações que julgam o cantor de blasfemar Jesus e outras que falam que tratavasse de uma crítica a sociedade e ao fato de pessoas se entregarem por causas que não são delas. Você vai interpretar como bem desejar. Vale a pena até pesquisar as opiniões a respeito.

Olhe para essa crítica como uma forma de que, a entrega de Jesus não tem muito sentido aos olhos da sociedade. Afinal, ele carregou um madeiro pesado e foi crucificado nele, passando por humilhações e um sofrimento altíssimo. Tudo para demonstrar o Seu Amor por cada um de nós. Aos olhos científicos isso é ilógico, sem sentido racional, por isso é considerado pelo Apóstolo Paulo como “Loucura da Cruz”. E, um detalhe importante, Paulo era um homem de família rica, dotado de conhecimento sobre as leis judaicas, muito inteligente. Depois que, literalmente, caiu do cavalo, foi fisgado pelo amor de Jesus, rendendo-se ao Seu Senhorio. Não é por isso que ele abandonou a sabedoria e conhecimento que tinha. Ao contrário. Usou tudo isso em favor do trabalho de evangelização e conversão das pessoas. Escreveu cartas, visitou comunidades, falou com desassombro e em linguagens que cada comunidade entendia, pois como era versado de conhecimento, tinha essa habilidade de oratória e escrita bem desenvolvida.

Assim, meu Querido, minha Querida. A felicidade em minha vida está, primeiro, no que aprendo com minha família e, segundo na profissão que eu posso exercer como Professor e Consultor Educacional. Mas, acima disso tudo, no olhar que tenho para a Cruz de Cristo como o sinal da maior prova de amor que alguém pôde me dar, afinal Ele se entregou por mim, pelos meus erros e pagou um preço alto pela minha salvação com seu próprio Sangue.

Meu desejo é que você, após ter lido este pequeno texto, torne-se uma pessoa mais feliz com o olhar em dois aspectos: 2. Pelo aprendizado constante. 1. Pela certeza de que Jesus te ama loucamente!

Um abraço. Deus abençoe!

Danillo

Please follow and like us:

1 thought on “Sabedoria do Mundo e Loucura da Cruz: Ambas remetem à FELICIDADE!”

  1. Excelente este texto, professor Danilo!
    Sem receio de falar de educação, conhecimento e de Jesus Cristo.
    É um professor assim que quero ser!
    Obrigado por compartilhar esta breve mensagem conosco. Abraços!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *